Gestos : Quem Somos : História

Gestos


[+]

UMA BREVE HISTÓRIA DA GESTOS

A Gestos foi fundada em 1993 por Acioli Neto (Sociólogo,) Alessandra Nilo (Jornalista), Márcia Andrade (Socióloga) e Silvia Dantas (Assistente Social).

O primeiro projeto desenvolvido foi apoiado pela MISEREOR (www.miseror.org) e tinha como foco o atendimento psicológico das pessoas vivendo com a AIDS, além da formação de agentes multiplicadores de informação nas comunidades mais carentes da Região Metropolitana do Recife.

Há onze anos contribuímos de forma eficaz para a garantia dos Direitos Humanos das pessoas que vivem com HIV e a AIDS. Cerca de 70% das pessoas que demandaram apoio jurídico da instituição tiveram seus direitos reparados, através de liminares e de sentenças, que hoje, inclusive, fazem parte do rol de jurisprudências que diz respeito à temática Direito e AIDS.

Ao longo de quase quinze anos a institui√ß√£o tem considerado a Comunica√ß√£o como fundamental para o enfrentamento da AIDS, e tem lutado para ampliar essa sua compreens√£o em Pernambuco, no Brasil e na Am√©rica Latina. Esta vis√£o consolidou a Gestos como a grande refer√™ncia em Comunica√ß√£o e AIDS no pa√≠s, com especial destaque junto √†s discuss√Ķes sobre Pol√≠ticas P√ļblicas de Comunica√ß√£o em Sa√ļde.

Tamb√©m ajudamos na forma√ß√£o de novas organiza√ß√Ķes da sociedade civil, como a Rede Nacional de Pessoas Vivendo com HIV/AIDS (RNPVHA) 1995, o Grupo de Trabalho Positivo - GTP+ (2000), o Grupo de A√ß√Ķes Positivas (2003), o Grupo de Apoio a Pessoas Soropositivas (GASP) 2003, Atos de Cidadania (2006).

De 2007 a 2011 a Gestos criou e coordenou nacional e internacionalmente o F√≥rum UNGASS-AIDS em Sa√ļde Sexual e Reprodutiva, em que monitorou a implementa√ß√£o de acordos firmados na ONU em dezesseis pa√≠ses em desenvolvimento. O F√≥rum UNGASS-AIDS se consolidou como um espa√ßo de discuss√£o pol√≠tica das quest√Ķes relacionadas ao HIV e AIDS e sa√ļde e direitos sexuais e reprodutivos.

Desde 2008, a Gestos é a Secretaria Regional do Conselho Latinoamericano e do Caribe de ONGs com trabalhos em AIDS. No momento é a ONG responsável pela organização do Fórum Comunitário da América Latina e do Caribe ser realizado em São Paulo no segundo semestre de 2012.



Indique
Comente